Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

16 famílias do Loteamento Horto Florestal receberam as escrituras de seus terrenos

 

 

 

Após darem início na documentação, 16 famílias do Loteamento Horto Florestal receberam das mãos do prefeito Mário Hildebrandt as escrituras de seus terrenos. A entrega aconteceu nesta segunda-feira (20/05/19). O processo começou em fevereiro, com os procedimentos administrativos e com a assinatura dos papéis, que depois foram encaminhados ao registro de imóveis. Este primeiro lote foi doado pelo Município para as famílias após levantamento da situação socioeconômica.

Maria Stano, moradora da comunidade há 17 anos, comemorou o recebimento do documento. “A gente sempre acreditou que iria sair. Esperamos e agora temos o resultado em mãos. Isso só irá trazer benefícios para a gente”, ressaltou. Além dessas, outras 64 famílias já deram início ao processo e estão na fase dos procedimentos administrativos.

“Entregar as escrituras definitivas é realizar o sonho dessas famílias e dar-lhes, definitivamente, um lugar para chamar de seu. Fazer gestão é trabalhar pelo bem das pessoas e meu desejo é que essas famílias sejam as primeiras de tantas outras escrituras que ainda entregaremos”, destacou o prefeito.

Para que os moradores recebam as escrituras, é necessário procurar a Prefeitura para o encaminhamento do processo. O horário na Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Serefh) deve ser agendado por meio dos telefones 3381-7560 e 3381-7557, ou então pelo WhatsApp (47)99968-9832.

No local, os moradores terão que apresentar carteira de identidade, CPF, título de eleitor, certidão de nascimento, casamento ou divórcio, certidão de óbito (se for viúvo); comprovante de água, luz e telefone; contrato de compra e venda (quando for o caso); situação de renda do grupo familiar; carteira de trabalho Holerite/Pró-labore; comprovante de benefícios do INSS (aposentadoria, pensão, auxílio doença); comprovante de seguro desemprego/comprovante de pensão alimentícia e comprovante de luz ou água que identifique o tempo de moradia no lote.

As informações foram passadas por Odair José da Silva, assessor de comunicação da prefeitura de Blumenau.

Posts relacionados

Top