Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Alça de acesso do Anel Viário Norte é liberado para o trânsito em Blumenau

 

 

 

Foto: Michele Lamin

 

Com o avanço da obra de revitalização da Rua República Argentina, a Prefeitura de Blumenau está liberando a passagem pela alça de acesso no contorno do Anel Viário Norte, no bairro Ponta Aguda. A alteração requer atenção dos condutores, que saem das ruas Luiz Eleodoro da Silva e da Silvano Cândido da Silva Sênior em direção ao Centro da cidade. Por motivos de segurança o projeto em execução não permite a conversão à esquerda na saída de ambas as vias, tornando obrigatório o uso pelo novo acesso.

Com a liberação da alça de acesso ao trânsito fica proibido o tráfego de pedestres e ciclistas pelo novo caminho, já que a pista comporta a passagem de apenas um veículo. O trajeto para quem não estiver motorizado deve continuar pela República Argentina, onde possui sinalização e calçada adequada para o deslocamento seguro.

“A proibição de conversão à esquerda vem para reforçar as medidas de segurança no trânsito e diminuir as possibilidades de colisões naquele trecho, que é considerado um risco a condutores”, avalia o secretário Municipal de Obras, Edson Brunsfeld.

Outra alteração que naturalmente irá ocorrer neste trajeto é para condutores vindo da República Argentina em direção ao Centro, que quiserem convergir em direção às ruas Luiz Eleodoro da Silva e da Silvano Cândido da Silva Sênior. Para estes motoristas, o caminho obrigatório é percorrer até a rotatória, que fica cerca de 700 metros após o Anel Viário Norte.

O investimento da Prefeitura na revitalização da República Argentina é de R$ 18 milhões, valor este financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). As obras contemplam ainda a implantação de uma rotatória para facilitar o acesso à BR-470 por meio da Rua Silvano Cândido da Silva Sênior, além de outros 4,2 quilômetros de extensão de ciclovias e calçadas. A Rua Chile por sua vez ganha um prolongamento de 280 metros de extensão às margens do Rio Itajaí-Açu.

Por Fernando Gonzaga [SECOM/BNU]

Posts relacionados

Top