Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Brusque registra sete casos de suspeitas do vírus Influenza e a primeira morte

 

 

Foto: Prefeitura de Brusque

 

A Vigilância Epidemiológica de Brusque registrou a primeira morte causada pelo vírus Influenza, mas não teve o subgrupo identificado. Até o momento há sete casos suspeitos, um deles foi confirmado como do subgrupo H3N2, mas o morador foi medicado e já está em casa. Outros dois casos suspeitos foram descartados e a Secretaria de Saúde aguarda a investigação de mais três pacientes.

Assim como em Blumenau, em Brusque procura dos grupos prioritários para receber a imunização também tem abaixo da meta. O grupo de pessoas acima de 60 anos, é o que lidera o ranking de vacinados, onde 62,52% já procuraram uma UBS em busca da prevenção.

Desde 10 de abril até o dia 15 maio, 15.083 pessoas já foram imunizadas, o que corresponde a 53,10% do público-alvo, que totaliza 28.403. A partir da próxima segunda-feira (20/05/19) a Policlínica Central estará com horário estendido entre 17h e 20h, para permitir às pessoas que não podem se vacinar no horário comercial tomem a sua dose. Fora isso, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) que possuem sala da vacinação, continuam atendendo entre 8h e 12h e das 13h as 17h, até o dia 31 de maio, quando encerra a campanha nacional de vacinação.

“Estamos fazendo um apelo que os grupos prioritários da vacina procure uma Unidade de Saúde, para se protegerem, uma vez que a Influenza é uma doença prevenível. Vamos ampliar o horário de vacinação e procurar imunizar o maior número possível em nossa cidade”, comenta o Secretário de Saúde de Brusque, Humberto Martins Fornari.

Os grupos prioritários são crianças entre seis meses e seis anos incompletos, idosos acima de 60 anos, gestantes e mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias, portadores de doenças crônicas, professores, profissionais da saúde, integrantes das forças de segurança, salvamento e do sistema prisional. Pessoas privadas de liberdade já receberam a vacina no último dia 29.

 

Posts relacionados

Top