Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Casais já podem se inscrever para o Casamento Coletivo de Blumenau

 

 

 

Se você tem o sonho de casar, mas não tem condições, já estão abertas as inscrições para o Casamento Coletivo. O prazo foi aberto nesta segunda-feira, dia 15 e se estende até o dia 1º de julho. Os interessados devem se dirigir até a sede da Pró-Família, localizada na Rua Itapiranga, n°368, bairro Velha. No local, os noivos receberão os documentos necessários para serem apresentados nos cartórios. A documentação completa também pode ser encontrada no site.

O Casamento Coletivo é promovido pela Prefeitura de Blumenau, por meio da Fundação do Bem-Estar da Família Blumenauense (Pró-Família) a cada dois anos. Nesta edição, o evento será realizado no dia 31 de agosto. A cerimônia religiosa ocorrerá no setor 3 do Parque Vila Germânica, onde as famílias também terão um momento de integração, receberão os presentes e ainda farão as fotos com o bolo. Já a cerimônia civil ocorrerá no Ginásio Galegão. A celebração tem a autorização do Tribunal de Justiça de SC, contemplando a lei Federal de gratuidade.

“A expectativa da Pró-Família para este ano é superar o número de casais da última edição. Estamos felizes, pois a procura está sendo expressiva e quanto mais casais realizarem o seu sonho de oficializar a união, mais bonita ficará a cerimônia”, afirma a presidente da instituição, Cristiane Loureiro.

Sobre o Casamento Coletivo

Criado em 2007 pelo prefeito Mário Hildebrandt, então presidente da Pró-Família, o Casamento Coletivo já ajudou a oficializar a união de 2132 casais. A ação é destinada a moradores de Blumenau e para casais de baixa renda. Em 2017, a iniciativa contou com a participação de 326 casais e a expectativa para este ano é que este número seja superado.

As informações foram passadas por Odair José da Silva, assessor de comunicação da prefeitura de Blumenau.

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top