Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Eisenbahn Biergarten está pronto

 

Setor4 17-8-15 (39)

Fotos e entrevistas: Luciano Bernz

Na manhã dessa segunda-feira (17), aconteceu a entrega técnica do Eisenbahn Biergarten, duas semanas antes do previsto. Na cerimônia, o diretor de Engenharia da Brasil Kirin (Patrocinadora), Rogério Grecco, fez a entrega simbólica das chaves do Setor 4 ao prefeito Napoleão Bernardes.  O encontro também contou com a presença do Secretário de Turismo e Presidente do Parque Vila Germânica, Ricardo Stodieck, além de autoridades e a imprensa.

A entrega oficial acontece no dia 2 de setembro, durante o aniversário da cidade. A programação festiva para a data será apresentada nesta quarta-feira (19), às 8h30min, na Fundação Cultural de Blumenau.

O espaço tem quase 4,5 mil metros quadrados de área construída e capacidade para aproximadamente quatro mil pessoas. O pavilhão tem dois pavimentos e conta com pontos de comercialização de alimentação e bebidas, palco, camarins, restaurante que ficará aberto o ano inteiro e quatro cozinhas, sendo que uma delas poderá ser utilizada em aulas-show.

Entrevistamos Rogério Grecco, diretor de engenharia da Brasil Kirin, o prefeito Napoleão Bernardes e o presidente do Parque Vila Germânica, Ricardo Stodieck.

Rogerio-GreccoOBlumenauense: Como foi essa parceria da Brasil Kirin, que viabilizou a entrega de um espaço público à comunidade, através do Biergaten Eisenbanh?

Engº Ricardo Grecco: Para nós foi uma grande honra. O prefeito nos contatou no começo do ano, quando começou este namoro entre a prefeitura de Blumenau e a Brasil Kirin, para que conseguíssemos realizar a construção desse espaço. A Oktoberfest é o maior evento cervejeiro do país, por isso ser um dos patrocinadores nos dá muita visibilidade.  Temos cervejas de alta qualidade, com puro malte e que seguem a lei da pureza alemã.

A construção da obra foi entregue à prefeitura em tempo recorde, já que ela estava prevista para o dia 2 de setembro. Era um compromisso que tínhamos com a prefeitura, pois, a obra acabou e o evento ainda irá começar. Agora só falta toda a parte de ativação e trabalho do pessoal da Vila Germânica para a realização da Oktoberfest.

 

Napoleao-BernardesOBlumenauense: Mais uma vez Blumenau sai na frente com um modelo de obra pública envolvendo a parceria entre prefeitura e o setor privado, construída em tempo recorde. Qual foi a sensação hoje?

Napoleão Bernardes: Para todos que acompanham o site OBlumenauense, que sempre traz informação com qualidade e em tempo real, é um fato totalmente inovador. Foram R$ 12 milhões de investimento totalmente privado, sem nenhum centavo do dinheiro público. Além disso, a obra foi entregue no tempo recorde de 4 meses.

Se ela fosse realizada pelo poder público, primeiro teríamos que buscar os recursos. A linha de crédito para um financiamento desse porte levaria um tempo incalculável. Supondo que os recursos existissem, a licitação para o projeto de engenharia e arquitetura, levaria 6 meses. Após esse projeto pronto, teria mais esse mesmo período para a licitação da obra. Ou seja, só de processos licitatórios, levaria um ano se desse tudo certo, conforme a legislação das licitações.

OBlumenauense: De que forma este novo setor da Vila Germânica estará disponível para a comunidade promovendo maior socialização?

Napoleão Bernardes: O objetivo do Setor 4, Eisenbanh Biergarten, é que a comunidade se aproprie dele. Tanto que a partir do dia 2 de setembro, com a entrega oficial à comunidade, haverá uma semana com programação gratuita bem diversificada. Queremos que todos possam aproveitar o espaço para lazer e  ponto de encontro da comunidade.

 

Ricardo-StodieckOBlumenauense: Ricardo, qual o sentimento neste momento com a entrega do novo setor?

Ricardo Stodieck: Sentimento de alegria, orgulho da equipe do Parque Vila Germânica, do prefeito Napoleão Bernardes e de todas as secretarias que viabilizaram esse investimento. São R$ 12 milhões investidos em um prazo tão curto, com qualidade, que trará muita alegria à comunidade de Blumenau, além da geração de riquezas.

A parceria com a Eisenbanh foi fundamental para isso. Uma marca genuinamente brasileira, que começou como cervejaria artesanal na cidade, que agora virou a cervejaria oficial da Oktoberfest e Sommerfest pelos próximos seis anos.

OBlumenauense: De que forma o novo setor estará disponível para a comunidade?

Ricardo Stodieck: Ele tem uma conotação social muito forte. Então, terá o momento de se ganhar dinheiro para pagar as contas, isso é preciso, e terão os momentos para socializar esses resultados. Entidades beneficentes poderão usar esse espaço para fazer eventos com o objetivo de arrecadar recursos. Podemos usar como exemplo a Fundação Pró-Família, Fundação Cultural e Diretoria de Assuntos para Juventude, que terão alguns finais de semana por ano para realizar eventos gratuitos à população.

Entendemos que falta palco e local para o artista blumenauense se apresentar. E ainda mais. Esse setor pode servir para realizar casamentos, formaturas, feiras e congressos. Enquanto não temos um centro de convenções, ele acaba fazendo um papel intermediário muito importante. Só para se ter uma ideia, nós já temos captados congressos para 2017.

OBlumenauense: Quais as novidades para Oktoberfest com o novo setor?

Ricardo Stodieck: A principal novidade é que iremos fazer a abertura e encerramento da Oktoberfest 2015 já no Eisenbanh Biergarten. Também está programado para 2016, o concurso da realeza da festa neste novo setor. No final de setembro fica pronto o restaurante da Eisenbahn no piso superior, que terá uma gastronomia muito diferenciada com cardápio do Senac, idealizado pelo Chef alemão Heiko Grabolle.

 

Setor4 17-8-15 (1)

Setor4 17-8-15 (4)

Setor4 17-8-15 (7)

Setor4 17-8-15 (12)

Setor4 17-8-15 (16)

Setor4 17-8-15 (10)

Setor4 17-8-15 (29)

Setor4 17-8-15 (21)

Setor4 17-8-15 (20)

Setor4 17-8-15 (19)

Setor4 17-8-15 (22)

Setor4 17-8-15 (13)

Setor4 17-8-15 (15)

Setor4 17-8-15 (14)

Setor4 17-8-15 (9)

Setor4 17-8-15 (8)

Setor4 17-8-15 (6)

Setor4 17-8-15 (5)

Setor4 17-8-15 (11)

Setor4 17-8-15 (18)

Setor4 17-8-15 (25)

Setor4 17-8-15 (17)

Setor4 17-8-15 (24)

Setor4 17-8-15 (23)

Setor4 17-8-15 (31)

Setor4 17-8-15 (28)

Setor4 17-8-15 (30)

Setor4 17-8-15 (38)

Setor4 17-8-15 (33)

Setor4 17-8-15 (35)

Setor4 17-8-15 (37)

Setor4 17-8-15 (26)

Setor4 17-8-15 (32)

Setor4 17-8-15 (27)

Setor4 17-8-15 (3)

comentários

Posts relacionados

2 Comentarios

  1. Ralf said:

    Concordo com o comentário anterior..parece mesmo uma fábrica..nada a ver. Por que a Eisenbahn/Brasil Kirin não reformaram um casarão antigo para ser uma cervejaria? Definitivamente aqui nunca será como na Alemanha, é só um faz de conta..

*

*

Top