Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Empresárias de Blumenau apostam no e-commerce para crescer

Há poucos anos atrás, falar de compras on-line era um tabu, algo que a população brasileira em geral não tinha tanto acesso. Talvez por falta de acesso a internet, talvez por não ter se adaptado a tecnologia do cartão de crédito. Motivados pela falta de segurança no ambiente virtual, as pessoas não costumavam fazer transações on-line.

Com o avanço da tecnologia, no que tange também a segurança dos usuários da internet, fazer compras on-line tornou-se algo comum na vida das pessoas do século 21. Efetuar compras não presenciais não é algo tão novo assim. Se pararmos para pensar, era comum ocorrer a venda por telefone. Mas customizar um produto, efetuar o pagamento pela internet, recebê-lo no conforto da sua casa, podendo conhecer e de certa forma “experimentá-lo” de forma virtual, é algo incrível.

OBlumenauense conversou com algumas empresárias que mantém a parte física de suas lojas em Blumenau, mas vendem seus produtos para todo país. Nas entrevistas é possível entender melhor essa dinâmica e quais os principais desafios desse mercado, nem tão novo assim e em constante mutação.

 

Coleteria-socias
Coleteria-LogoA primeira empresa é a Coleteria, que segundo as fundadoras Bia Souza (26), Bruna Souza Boskovic (28) e Bruna Boskovic Cortez (33), é a única marca brasileira focada exclusivamente na produção de coletes. Com graduações e experiências profissionais distintas, foi a paixão pela moda que transformou a vida das três amigas.

OBlumenauense: Como surgiu a ideia de fazer um E-Commerce?

Sócias: Nós já estávamos analisando há algum tempo o crescimento do varejo eletrônico em comparação ao físico, e por ter taxas mais atraentes de crescimento, ficaram de olho nesse mercado. Moda sempre foi a paixão, e unindo a uma crença muito forte no mercado de nicho, as ideias foram se juntando: e-commerce + moda + nicho (coletes).

OBlumenauense: Quais os maiores desafios nesse ramo?

Sócias: O maior desafio é com certeza direcionar o cliente para a sua loja. Fazer ele nos conhecer, e depois disso, ainda convencê-lo a comprar, tentando tangibilizar a compra ao máximo, com informações dos produtos e boas fotos. Para que ele chegue na sua loja, a divulgação é toda online. É todo um bastidor de como melhorar o resultado do site nos buscadores, investir em mídias sociais e marketing digital. E paralelo a tudo isso, ainda criar um conceito de marca (pela internet).

OBlumenauense: Qual região do Brasil que mais compra o seu produto?

Sócias: Hoje a maioria dos clientes são de Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

OBlumenauense: Você usa o fato de estar em Blumenau como marca no seu negócio?

Sócias: Sim, também estamos em SP, porque uma das sócias e diretora de Marketing se encontra lá. Blumenau valoriza o nosso produto por ser do segmento de moda, já que a região é conhecida pelo seu desenvolvimento têxtil.

 

 

Quero-Charlotte_logo

Fundada em Blumenau no ano de 2012, a Quero Charlotte trabalha com roupas femininas como blusas, casacos, calças, saias, shorts, vestidos e acessórios. As sócias trabalham com a marca própria Nicole Negredo e peças multimarcas.

Quando começaram, visitavam de carro as clientes que se identificavam com elas para mostrar os produtos. Logo o negócio foi crescendo, e elas começaram a vender as peças de roupas com o carro em cidades vizinhas. Em seguida, meninas de outros estados começaram a fazer contato e as nossas vendas eram realizadas por mensagens no celular. A loja online (querocharlotte.com.br) veio da necessidade de atender suas clientes com mais conforto.

OBlumenauense: Como surgiu a ideia de fazer um E-Commerce?

Sócias: A ideia surgiu da necessidade de atender nossas clientes com mais conforto e comodidade. Inicialmente não tínhamos uma ideia de como funcionava um site e-commerce, pois nossas vendas eram realizadas através de outros meios de comunicação, redes sociais e e-mail. Conforme as vendas foram crescendo através destes canais de comunicação, decidimos criar um e-commerce para facilitar as vendas, oferecendo mais facilidade e conforto às nossas clientes.

OBlumenauense: Quais os maiores desafios nesse ramo?

Sócias: Os desafios são vários. Como não temos vitrine física especificamente, temos que encontrar meios de chegar na casa das pessoas de outra forma para mostrar nosso produto. O maior desafio então é gerar tráfego em nossa loja online, para que as pessoas acessem e nos encontrem na internet. Para tudo isso usamos várias ferramentas, como redes sociais e divulgação em geral.

Outro ponto desafiador, é a produção dos editoriais de moda, afinal nossas clientes estão vendo o produto online através de fotos. Eles precisam ser feitas com perfeição para que possamos mostrar a realidade de cada produto.

OBlumenauense: Quais as regiões do Brasil onde vocês mais vendem?

Sócias: Atualmente 35% de nossas vendas online são para a região Sudeste, mais precisamente no estado de São Paulo, seguido pela nossa região, Santa Catarina com 20%. Outra região que nos surpreende totalizando 15% de nossas vendas, é a Nordeste. Buscamos diversificar bastante e temos uma ótima atuação em diversos estados, despachando encomendas para regiões bem distantes como Amazonas, Roraima, Pará, Amapá entre outros da região Norte.

OBlumenauense: Você usa o fato de estar em Blumenau como marca no seu negócio?

Sócias: Não utilizamos diretamente Blumenau como referência para nossa marca, porém, quando as pessoas vêem que estamos situados em Blumenau/SC, isso nos gera uma grande credibilidade, afinal, estamos em um Pólo Têxtil o qual possui uma enorme qualidade em sua produção bem como uma receptividade enorme a quem busca pelos nossos produtos.

comentários

De formação administrador, mas comunicador por paixão. Procuro trazer pontos de vista sobre os mais variados assuntos. Amo Blumenau.

Posts relacionados

*

*

Top