Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Festa Pomerana começa no dia 9 de janeiro

 

“Ich liebe Pomerode”, em língua alemã, significa “Eu amo Pomerode”. A frase é famosa na cidade, sendo muito repetida por turistas e moradores – e com razão. O atrativo linguístico é apenas uma das várias possibilidades de genuíno convívio com a cultura outrora herdada dos imigrantes e que faz até hoje parte dos costumes do povo pomerodense. Todos os anos em janeiro, a cidade se torna ainda mais encantadora com toda a tradição germânica da Festa Pomerana, que, em 2019, deverá receber cerca de 80 mil pessoas entre os dias 9 e 21 de janeiro. No período, a pequena Alemanha irá comemorar 60 anos de emancipação político-administrativa, marcando uma edição especial dos festejos. A contagem já está regressiva para o início da programação repleta de atrações, em 13 dias de muita alegria.

 

 

Encontro Internacional de Tocadores de Bandoneon

Além dos tocadores de bandoneon que ainda atuam na região do Vale Europeu, esta edição do encontro terá a participação inédita de músicos da cidade de Eibenstock, onde existe a última fábrica do instrumento na Alemanha. Cada um dos 10 integrantes do grupo visitante produzem o próprio instrumento artesanalmente. De tão detalhado, um único bandoneon pode custar a partir de 10 mil euros. São peças exclusivas e que garantirão um intercâmbio cultural a mais na programação da Festa Pomerana.

 

 

Gastronomia

Diariamente, os visitantes poderão escolher as Delícias da Festa Pomerana. Em cada data, um prato típico da gastronomia alemã, doce ou salgado, além de cerveja artesanal produzida localmente, estarão na disputa pela melhor receita. Quem define o melhor sabor é o próprio público, que experimenta a produção e dá notas. Outra grande novidade será um espaço dedicado à alimentação inclusiva, com opções de cardápio para quem tem alergia a glúten e intolerância à lactose. A área gastronômica Biergarten também será aumentada, para melhor atender o público.

 

 

Chope

A bebida oficial da 36ª Festa Pomerana leva assinatura da Cervejaria Schornstein, da própria cidade. No ano passado, o consumo ultrapassou 159 mil copos de chope. Também serão servidas as marcas regionais Opa Bier, Bierland e Borck.

 

A prova AllesWurst (“É tudo linguiça”) dará o título àquele que comer um salsichão especial de 23 centímetros no menor tempo possível. | Foto: Daniel Zimmermann

 

Competições típicas

Os visitantes adoram os desafios “esportivos” da Festa Pomerana. E nem a dificuldade do nome da prova atrapalha a participação do público. As competições de Lenhador (Holzhacker) e serrador (Baumstammwettsägen) resgatam antigas práticas do dia a dia dos colonizadores e há provas diárias. Na prova de lenhador, a pessoa utiliza um machado para cortar um tronco e vence quem fizer em menor tempo. Já na de serrador, o tempo também é o desafio. É necessário que a dupla competidora serre a madeira na melhor marca. E não para por aí. Quem tem fôlego (e fome) pode concorrer ao título de comedor de linguiça. A prova AllesWurst (“É tudo linguiça”) dará o título àquele que comer um salsichão especial de 23 centímetros no menor tempo possível.

Na mesma linha, tem o Meterbier (chope em metro), em que o competidor precisa beber 600ml de chope diretamente da tulipa, sem “babar” ou derramar a bebida. Fassrennen (Corrida do Barril) é a competição em dupla, que consiste em rolar um barril de alumínio, com capacidade de 50 litros, por uma “pista”. Um competidor faz o percurso de ida e o outro de volta. Por fim, o Tauziehen (Cabo de Guerra Alemão) é uma prova em que se disputa em trios. A equipe que puxar o grupo oponente ganha.

 

Encontro de Teufeslgeige

Entusiastas de toda região vêm ao Pavilhão Cultural para exaltar a performance do Teufelsgeige, inusitado instrumento de percussão trazido ao Brasil pelos imigrantes alemães. Conforme a tradição, o também chamado “violino do diabo” deve ser fabricado pelo próprio instrumentista.

 

Culto em Plattdeutsch

A religiosidade da cerimônia luterana também é levada ao Pavilhão Cultural. No dia 13 de janeiro, às 10h45min, será realizado um culto em PommerschesPlattdeutsch, língua pomerana falada pelos imigrantes. A celebração reflete a espiritualidade e prestigia a população que ainda cultiva o Plattdeutsch em seu cotidiano.

 

 

Encontro de Grupos Folclóricos

As coreografias inusitadas, a alegria contagiante e uma multidão entusiasmada. O grande encontro reunirá cerca de 20 grupos de danças de diferentes cidades e etnias no Pavilhão Cultural. Será no sábado (12/1), entre 13h e 17h.

 

 

Desfiles típicos

Sob tema “Pomerode – 60 anos de Tradição”, o desfile típico levará homenagens às ruas da cidade com a participação da realeza da festa, integrantes dos clubes de caça e tiro, grupos de música, de dança e de teatro desfilando com seus trajes típicos para alegria de turistas e moradores. A atração sai da Rua 15 de Novembro, nas imediações da Igreja Luterana, e segue até o Parque de Eventos. O desfile está previsto para quintas e sextas, às 19h, sábados, às 18h, e domingos às 9h30min. Nesta 36ª edição da Pomerana, estão previstas ainda edições especiais na quarta-feira (9/1) e segunda-feira (21/1), às 19h.

 

Desfile de Lanternas

As luzes das tochas dão o tom ideal para uma noite ainda mais especial. É ao anoitecer que o pátio do Parque de Eventos ganha uma tradição especial: a passagem do Fackelzug, ou desfile de tochas. O cortejo é acompanhado da Küchenmarsch, ou dança das cozinheiras, uma prática tradicional das festas de casamento. Nela, as pessoas envolvidas promovem uma dança em homenagem aos noivos após o jantar. Dias 11, 14, 16 e 18/1, às 21h.

A 36° Festa Pomerana é uma realização da Fundação Cultural de Pomerode, Prefeitura Municipal e Associação Empresarial de Pomerode, com patrocínio de Olho Embutidos, Nugali Chocolates, Kyly, Calesita e Cielo.

36ª Festa Pomerana

Data: 9 a 21 de janeiro
Horários:
– Segunda a quinta-feira – 18h às 24h
– Sexta-feira – 18h às 4h
– Sábado – 10h às 4h
– Domingo – 10h às 24h

Local: Parque Municipal de Eventos

Ingressos: Quartas, quintas e domingos – R$ 12; Sextas e sábados – R$ 30; segundas, terças e na 1ª quarta-feira – grátis. Diariamente haverá gratuidade para visitantes de traje típico completo e crianças até 12 anos. O meio ingresso vale para estudantes, professores, pessoas acima de 60 anos, portadores de deficiência, doadores de sangue registrados e beneficiários do ID Jovem.

Informações: www.festapomerana.com.br

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top