Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

HEMOSC e as mensagens falsas para doação de sangue

HEMOSC 23-12-14 (1)

Fotos: Luciano Bernz

Esta semana circulou nas redes sociais um pedido de doação de sangue do tipo AB negativo, para uma menina que supostamente estaria na policlínica. As pessoas vão na boa fé e repassam, mas nem tudo é verdade. Veja a mensagem:

Alguém tem sangue AB negativo ou conhece alguém? É urgente!
Uma criança está na policlínica precisando de sangue e no hemocentro não tem. Ela está correndo risco de morte… O nome dela é Elisa Mirela Guedes de Lima. É só chegar no hemosc e doar no nome dela. Se quiserem repassar pra outro grupo, podem enviar.
Repassando

Nós entramos em contato com o Hemosc para saber da autenticidade do pedido. Então aproveitamos para falar sobre as campanhas para doações de sangue na cidade, principalmente para suprir a falta de sangue no banco para a época de férias. Fomos recebidos pela Thayse Molinari, responsável pela captação de sangue. Ela nos explicou que este pedido de doação, que circulou nas redes sociais é antigo.

Thayse Molinari Hemosc

Thayse Molinari: Essa informação já tinha sido repassada nas redes sociais em Outubro, e acreditamos ser a mesma de agora. Pelo que soubemos na época, essa menina não é aqui da nossa região, mas do Nordeste. Independente disso, estamos orientando as pessoas a vir e contribuir com a doação de sangue, já que muitas pessoas, assim como essa menina estão precisando.

Acabamos utilizando o momento para que a gente consiga os doadores, já que todos estão sensibilizados pela causa. Então a gente vê como esta questão de rede social e aplicativos, acabam influenciando muito nas nossas ações e também na doação de sangue.

OBlumenauense: Nesta época do ano existe um déficit no banco de sangue?

Thayse Molinari: Sim. Percebemos que a nossa cidade fica bem mais vazia. Muita gente sai de férias, mas as solicitações de sangue e as cirurgias de emergências nos hospitais continuam. Por isso temos que manter um estoque adequado e seguro para que essas pessoas se precisarem, possam utilizar.

OBlumenauense: Qual o tipo sanguíneo que mais falta no banco?

Thayse Molinari: Depende muito do período. Existem tipos que acabam faltando mais do que outro. No momento, em todo estado de Santa Catarina, o sangue O negativo está em estado de atenção. As pessoas que tem esse tipo de sangue e os tipos negativos, menos presentes na população, acabam faltando com mais facilidade. Em geral precisamos de todos, porque todos são utilizados, mas os negativos geralmente faltam com mais frequência.

HEMOSC 23-12-14 (3)

OBlumenauense: Constatamos hoje aqui no Hemosc um grande número de pessoas na fila para fazer doação de sangue. A que se atribui esse movimento às vésperas do Natal?

Thayse Molinari:  É o resultado das campanhas que estamos fazendo. Ficamos muito felizes que esses resultados estão aparecendo, mas o movimento nessa época é atípico. Não sabemos se ano que vem poderemos contar com esses números. Ficamos com essa incerteza e isso faz com que continuemos com as campanhas em torno da doação de sangue. E esperamos que em janeiro continue essa procura por doar continue, pois é um mês bem complicado.

OBlumenauense: Qual o horário de atendimento do Hemosc para as festas de fim de ano?

Thayse Molinari:  Só não atenderemos nos dias 24, 25, 31/12 e 1º de Janeiro. Nos outros dias nosso atendimento é normal de segunda à sexta-feira, das 7h15min até às 18h30min; e no sábado, das 8h15min até às 11h30min.

 

HEMOSC 23-12-14 (2)OBlumenauense: Qual a mensagem que você deixaria para as pessoas que já doam sangue e também para aquelas que ainda não tiveram coragem de fazer doação.

Thayse Molinari:  Queremos agradecer à todos que já são doadores, em nome de cada pessoa que já precisou de sangue e teve sua vida salva. O Hemosc, que é um vinculo entre doador e receptor, agradece todos os dias pela grandiosidade que é o ato de doar sangue.

E aos que ainda não são doadores, desejo que desperte o espírito de solidariedade. Gostamos de frisar que doar sangue é rápido, seguro e ajuda a salvar muitas vidas. Muita gente tem medo de fazer a doação, por isso, fica o convite para essa pessoa vir e conhecer o processo, para que ela perca esse medo do desconhecido.

Veja o que é preciso para que você possa ser um doador:

  • Estar em boas condições de saúde e não ter machucados ou feridas no corpo.
  • Idade de 18 anos até 69 anos, 11 meses e 29 dias.
  • Doadores com 16 e 17 anos, precisam estar acompanhados e ter autorização dos pais ou responsáveis.
  • Ter um peso superior a 50 quilos.
  • Recomenda-se uma refeição leve e livre de gorduras, quatro horas antes da doação.
  • Repousar bem uma noite antes.
  • Evitar o consumo de álcool nas 12 horas que antecedem à doação.
  • Ter em mãos documento de identificação oficial com foto.

O Hemosc de Blumenau está localizado na Rua Theodoro Holtrup, 40, Vila Nova. Informações podem ser obtidas também pelo telefone (47) 3222-9800.

comentários

Tags ,

Responsável por toda a cobertura externa de OBlumenauense, sou nascido e criado em Blumenau. Trabalho há 25 anos com vendas, tendo passagem pela Rádio Blumenau e Rádio Clube de Itajaí, onde além de contato comercial, também fiz cobertura de festas e eventos.

Posts relacionados

*

*

Top