Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

MEC divulga as melhores instituições de ensino do Brasil e região

 

 

 

Universidade Federal de Santa Catarina ficou com 5, a nota máxima | Campus Blumenau

 

O MEC acaba de divulgar o Índice Geral de Cursos (IGC), principal indicador de qualidade das instituições de ensino de todo o país. Anualmente, este indicador é divulgado, e leva em consideração o quanto um aluno realmente aprendeu enquanto estudou naquela instituição.

São consideradas no IGC as notas do ENADE – aplicada pelo MEC para todos os alunos de educação presencial e EAD -, a qualificação dos professores (quantidade de mestres e doutores de uma instituição de ensino), bem como sua estrutura.

A nota do IGC vai de 1 a 5. E apenas 2% das instituições no Brasil receberam nota 5, que é a nota máxima. A única de Blumenau a conseguir foi Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

 

Entrevista com Adriano Albano, quando apresentou o projeto de ampliação da unidade na cidade.

 

Já a nota 4,  foi atingida por 21,1% das instituições, entre elas a Unicesumar, que possui a sede estadual em Blumenau, com polos em Gaspar, Indaial e outros municípios de Santa Catarina. “Permanecemos com o índice do IGC 4 há 9 anos. Nenhuma outra instituição de ensino superior do Brasil, que ofereça EAD, está há tanto tempo com uma nota tão boa”, declara o diretor dos polos citados da Unicesumar, Adriano Albano. A nota 3 foi atingida por 63% das instituições. As notas 2 ou 1, que são consideradas ruins, foram dadas a 13% das instituições brasileiras.

O Instituto Federal Catarinense e o Instituto Federal de Santa Catarina, foram as únicas públicas que conseguiram a mesma nota. A Sociesc Blumenau, Uniavan, If Catarinense, Claretiano e Uninter; são todas instituições de ensino particulares.

A nota 3, foi para  FURB, Uniasselvi, SENAI, SENAC, UNISUL, UNIP, Estácio, UNOPAR. Nas mais baixas, 2 e 1, nenhuma instituição foi classificada pelo índice do MEC.

Albano alerta que tem muitas instituições divulgando que possuem nota máxima no MEC usando outros índices do Ministério. “E isso não reflete necessariamente a qualidade de ensino. Um desses índices utilizado é o CI – Conceito Institucional, indicador, que atesta a estrutura de uma instituição e é usado como parâmetro para permissão de abertura de novas unidades. Além disso, ele serve como uma espécie de “renovação de alvará” para continuar atuando”, explica Albano.

O principal indicador de qualidade é o IGC, divulgado nesta semana pelo MEC. Você também poderá conferir este resultado no site emec.mec.gov.br, clicando em seu estado e cidade, e depois na instituição de ensino.

INSTITUIÇÕES

5 – UFSC

4 – UNICESUMAR, SOCIESC BLUMENAU, IFSC, UNIAVAN, IF CATARINENSE, CLARETIANO e UNINTER

3 – UNIASSELVI, FURB, UNISUL, UNIP, ESTÁCIO, UNOPAR, SENAI e SENAC

Posts relacionados

Top