Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PM atende seis ocorrências de violência doméstica em Blumenau, boa parte envolvendo embriaguez

 

 

 

A Polícia Militar registrou seis ocorrências de violência doméstica nas últimas 24 horas em Blumenau. Um dos casos já divulgamos, onde uma mulher foi ameaçada pelos seus irmãos embriagados.

Por volta das 13h40min, uma guarnição se deslocou à Rua Marilândia, no bairro Progresso, onde uma mulher de 30 anos disse ter sido agredida pelo companheiro. O homem de 33 anos estava bebendo, quando começou a ficar agressivo e quebrou objetos dentro de casa. Então ela começou a arrumar as malas para ir embora, mas foi agredida com chutes. A mulher fugiu para a rua e o homem disse que iria colocar fogo nas coisas. Quando os policiais chegaram ao local, constataram que ele estava em visível estado de embriaguez. Ele foi conduzido à Central da Polícia Civil para os procedimentos legais.

Na Rua Porcedônio Coutinho, no bairro Itoupava Central, uma adolescente de 16 anos acionou a PM e disse que foi agredida pelo namorado de 23. Segundo a vítima, ela levou uma mordida na mão esquerda e um soco na cabeça. As agressões começaram depois que a jovem olhou o celular dele que não gostou do fato. Quando a guarnição chegou, às 17h05min, ele não estava mais no local. Foi registrado um boletim de ocorrências e a vítima orientada quanto aos procedimentos legais.

Meia hora depois, uma guarnição chegava à Rua Alferes Júlio Sametzki, no bairro Água Verde. No local, os policiais foram informados por uma mulher de 27 anos que seu marido estava embriagado e ficou pedindo dinheiro. Mas como ela não deu, foi agredida com socos na cabeça, braços e estômago. Em seguida ele fugiu e não foi mais encontrado. Mais uma vez foi registrado um BO e orientada a vítima.

O bairro Fortaleza Alta também foi cenário de um caso de violência doméstica, mais precisamente na Rua Serra do Mar. Tudo aconteceu depois de uma discussão entre uma jovem de 19 anos e seu namorado de 23. Ela disse que o homem estava segurando com tanta força seus braços, que chegou a lesionar o pulso direito e antebraço esquerdo. Depois ele ainda teria ameaçado dizendo que iria quebrá-la toda e chamando-a de “vagabunda, filha da puta”. Ele foi detido e conduzido à delegacia para os procedimentos legais. A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar às 20h21min.

O último caso de agressão à mulher aconteceu na Rua Santa Anna, no bairro Fortaleza. A PM foi acionada à 1h desta segunda-feira (9), e quando chegou ao local, a vítima de 37 anos disse que seu marido chegou em casa embriagado. Ao perguntar onde estava, ele teria ficado alterado e desferiu um soco no rosto da mulher, deixando seu olho direito lesionado. Depois de agredi-la, fugiu do local e não foi localizado pela guarnição. Foi registrado um boletim de ocorrências e orientada a vítima quanto aos procedimentos legais.

Posts relacionados

Top