Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Projeto de estudantes do ensino médio de SC foi enviado à Estação Espacial Internacional

 

 

 

Um filtro de água baseado na moringa. Esse experimento bem brasileiro está em um foguete que decolou neste domingo (25/07/19) a caminho da Estação Espacial Internacional. O projeto foi desenvolvido por alunos do segundo ano do ensino médio do Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Xanxerê e venceu a competição Garatéa-ISS, iniciativa desenvolvida pela Missão Garatéa com apoio do Instituto TIM.

Isabela Battistella, Renata Müller, Ricardo Cenci e Roberta Debortoli concorreram com mais de 4 mil estudantes de 172 escolas brasileiras. No início do mês, os jovens estiveram nos Estados Unidos e apresentaram o projeto “Capilaridade vs Gravidade no processo de filtração” na Conferência Nacional do Programa de Experimentos Espaciais de Estudantes, na Virgínia. Agora, terão o seu experimento embarcado em um foguete de carga da SpaceX para ser recebido por astronautas da NASA na EEI. A proposta do grupo é que – ao invés do processo tradicional, com o líquido descendo pelo filtro e saindo limpa na torneira – a água seja filtrada sem gravidade, por capilaridade (processo físico que empurra o líquido através de pequenos capilares). A purificação é feita com carvão ativado.

A competição Garatéa-ISS está ligada ao Student Spaceflight Experiments Program (SSEP), programa norte-americano que seleciona e envia experimentos de alunos de 10 a 17 anos para o espaço. Até dia 11 de agosto, escolas públicas e particulares de todo o Brasil podem se inscrever na 3ª edição do concurso. Os interessados devem acessar o formulário online no site da Missão Garatéa.

Os alunos das escolas selecionadas terão até o fim do ano para desenvolverem experimentos que poderão ir à Estação Espacial Internacional. Em dezembro, os parceiros americanos escolherão o melhor dos três finalistas. Por fim, a NASA escolherá o finalista para ser lançado ao espaço em 2020. A equipe ganhadora também participará de um Congresso em Washington para a exposição de resultados.

Posts relacionados

Top