Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

SC Transplantes registra maior número de doações de múltiplos órgãos em fevereiro

 

 

 

Santa Catarina registrou, em fevereiro de 2019, o melhor desempenho da história em doações múltiplas de órgãos para o mês. Com quatro procedimentos realizados apenas nos dois últimos dias do mês, a SC Transplantes contabilizou um total de 23 doações no período. Historicamente, o mês de fevereiro tem baixos índices de doações. Os números mais expressivos foram registrados em 2016 e 2017, com 20 ocorrências cada.

O resultado coincide com a destinação do helicóptero de uso exclusivo do governador para o transporte de órgãos e tecidos. A ação foi fruto de um convênio assinado pelo governador Carlos Moisés no dia 6 de fevereiro. Desde então, a aeronave foi utilizada em três oportunidades, incluindo a de quinta-feira passada, quando foram transportados rins para Florianópolis.

A doação de órgãos em Santa Catarina tem registrando resultados expressivos. O número de doadores cresceu desde 2005, com um incremento de 50% na taxa de doadores efetivos nos últimos seis anos.

Na avaliação do secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, a postura do Governo do Estado em abrir mão de uma aeronave que tradicionalmente atendia apenas ao chefe do Executivo consiste em um ato de humanização. “O governador demonstra ter zelo e cuidado com o cidadão catarinense. Essa atitude fomenta o sistema de captação, transporte e doação de órgãos e serve de modelo para as demais unidades da federação”, afirmou o secretário Helton.

O coordenador estadual da SC Transplantes, Joel de Andrade comemorou o melhor desempenho já registrado em mês de fevereiro e ressaltou que o número de doações pode ser ainda maior. Ele voltou a destacar que a agilidade no transporte é fundamental para salvar vidas e elogiou o fato do Poder Público estar tratando o transplante e a doação de órgãos como uma prioridade. “A atitude do Governo do Estado honra a postura do povo catarinense, que é solidário e a favor da doação. Quando governo e sociedade caminham juntos, os resultados logo aparecem”, comentou Andrade.

A sugestão de utilização do helicóptero para esse tipo de transporte partiu da Casa Militar. O órgão é responsável por acionar a aeronave sempre que há soliciação por parte da Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da SC Transplantes.

As informações são de Fabrício Escandiuzzi, da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Posts relacionados

Top