Blumenau terá novo curso de tecnologia para suprir demanda de empresas

A HBSIS, empresa catarinense que oferece soluções tecnológicas para o mercado de logística, foi convidada pela FURB (Universidade de Blumenau) para integrar o comitê que pretende criar um novo curso na área de Tecnologia da Informação na instituição. A expectativa é formar profissionais especializados para suprir cerca de 5 mil vagas de emprego que existem na região.

De acordo com dados da Acate (Associação Catarinense de Tecnologia), o Vale do Itajaí concentrava em 2015 quase 30% das empresas catarinenses atuantes no setor de tecnologia, o que corresponde a mais de 800 companhias. Este montante rendeu o apelido de “vale do software” .

Com tanta empresa, falta mão-de-obra especializada, tanto é que Blumenau tem posição de destaque com a segunda maior taxa de crescimento de empregos no setor de TI entre os polos brasileiros de inovação. O ranking é liderado por Florianópolis (SC), informou último ACATE Tech Report.

É de olho nesse crescimento que a HBSIS e a FURB fizeram uma primeira reunião de trabalho em julho. No encontro foram debatidos temas relevantes para o curso e possíveis disciplinas. “Reforçamos os temas que são relevantes no cotidiano da empresa. Agora, esperamos os trâmites para aprovação dos conteúdos”, disse Renata Basílio, coordenadora de DHO (Desenvolvimento Humano e Organizacional) da HBSIS.

Foram propostas disciplinas relacionadas ao comportamento humano, que falam sobre estrutura de desenvolvimento de uma empresa de tecnologia, bem como sobre metodologias ágeis. “Um dos nossos objetivos é estar cada vez mais próximos às universidades. Ser parceiro da academia é fundamental para contribuir com a formação educacional das pessoas que logo estarão conosco”, explicou Renata.

BATE-PAPO

A participação da HBSIS junto à comunidade acadêmica não se restringe apenas ao comitê para criação do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. No último dia 27 de setembro, o analista de automação e sistemas Alexandre Álvaro conduziu um bate-papo sobre os desafios e a rotina dos profissionais da área de TI.

A palestra reuniu um público jovem com idade entre 14 e 17 anos, no auditório do Bloco T, no Campus I da Furb. “É curioso como podemos nos colocar no lugar dos jovens. Até tempos atrás estávamos ali sentados com as mesmas dúvidas. Estes momentos são importantes, pois podemos fornecer informações relevantes das nossas próprias vivências: o que deu certo e o que deu errado. Vale a pena”, disse Álvaro.

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top