Blumenau terá projeto voltado a alunos com déficit de aprendizagem

Imagem: divulgação

 

Nesta terça-feira (19/9/17), as Secretarias de Promoção da Saúde (Semus) e de Educação (Semed), lançarão o Serviço Multiprofissional de Atenção em Educação e Saúde (Sermaes). O projeto tem como objetivo a criação de uma equipe multidisciplinar, composta por coordenador, psicopedagogo, médico em neuropediatria, psicólogo, assistente social e fonoaudiólogo.

Esses profissionais serão responsáveis por realizar a avaliação, os encaminhamentos necessários e o acompanhamento de crianças e adolescentes identificados nas escolas de Blumenau, com déficit de aprendizagem decorrente de problemas sociais e/ou de saúde.

As unidades educacionais municipais, estaduais e particulares, terão o papel inicial de identificar esse estudantes e emitirão um guia de encaminhamento para consulta em saúde e um relatório sobre a situação, os quais serão enviados aos respectivos pais ou responsáveis. Em seguida, esses documentos deverão ser apresentados na unidade básica de referência, encarregada por solicitar o pedido de agendamento da consulta, via Sistema de Regulação, com a equipe multidisciplinar do projeto.

Ao estabelecer uma metodologia de atuação articulada para qualificar o diagnóstico e o tratamento oferecido, busca-se a inclusão social e maior eficiência no processo de aprendizagem do aluno. Além de atuarem junto às crianças e aos adolescentes, os profissionais promoverão capacitações e orientações às famílias e aos funcionários de escolas, postos de saúde e Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Também organizarão e participarão de grupos de estudos.

Nos próximos meses, a equipe do Sermaes fará os atendimentos iniciais, provisoriamente, no Centro de Saúde Rosânia Machado Pereira. Quando as obras da Policlínica estiverem concluídas, a estrutura será transferida para o local. A cerimônia está marcada para as 9h, no Salão Nobre do paço municipal, situado na Praça Victor Konder, no Centro. O evento faz parte da programação comemorativa aos 167 anos de Blumenau.

Com informações de Felipe Elias, da PMB

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top