Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

BNDES aprova R$ 6,3 milhões para financiar novas salas de cinema em Santa Catarina

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social-BNDES aprovou financiamento no valor de R$ 6,3 milhões para a implantação de dois novos complexos cinematográficos da rede Cine Gracher Ltda. O investimento total do projeto é de R$ 7 milhões e os recursos alocados pelo Banco são provenientes do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (Procult) – R$ 1,05 milhão – e do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) – R$ 5,25 milhões –, através do Programa Cinema Mais Perto de Você (PCPV).

Segundo o projeto apoiado pelo Banco, os dois novos complexos cinematográficos da Cine Gracher serão implantados nas cidades de Indaial e São Bento do Sul, ambas no Estado de Santa Catarina. Cada um deles contará com três salas de exibição equipadas com tecnologia 3D e digital. Importante ressaltar que nenhuma das duas cidades, atualmente, tem cinema para oferecer aos seus habitantes.

Em 1915, a Cine Gracher Ltda. iniciou suas atividades inaugurando o Cine Esperança, na cidade catarinense de Brusque. Em 1956, o imóvel deu lugar a uma sala de projeção com 1.250 lugares, a maior do Estado de Santa Catarina. Anos depois, já como Cine Gracher, contava com três salas de projeção, uma delas para filmes 3D, tornando-se pioneira na exibição desse tipo de filme no interior catarinense e a terceira em todo o Estado.

Mantendo seu perfil de pioneirismo, a Cine Gracher firmou uma parceria com as Lojas Havan, rede de lojas de departamentos espalhadas por vários estados do Brasil, construindo complexos cinematográficos, com salas digitais e em 3D, nas lojas dos municípios de Brusque e Porto União, em Santa Catarina, e Pato Branco e Arapongas, no Paraná.

Procult e Cinema Perto de Você – O Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (Procult) oferece créditos adequados a empresas que atuam nesse setor e que costumam enfrentar dificuldades no acesso ao crédito. Criado em 2006, seu foco inicial era o financiamento reembolsável à cadeia produtiva do audiovisual em seus diversos elos produtivos. Atualmente, o Procult se destina também a ações de patrimônio cultural, editorial, indústria fonográfica, jogos eletrônicos e bens e serviços culturais.

Criado por lei em 2016, com o objetivo de ampliar o mercado interno de cinema e acelerar a implantação de salas de exibição no Brasil, o Programa Cinema Perto de Você (PCPV) é gerenciado pela Ancine em parceria com o BNDES, agente financeiro das linhas de crédito e financiamento do programa, cujos recursos provêm do Fundo Setorial do Audiovisual.

Desde a sua criação, no âmbito das operações do Procult e do PCPV foram celebrados contratos de implantação ou modernização de 56 complexos de cinema em todas as regiões do Brasil, beneficiando 334 salas de cinema. Importante destacar que 28% dessas salas estão localizadas em cidades das regiões Norte e Nordeste do país ou em cidades com as menores classificações de renda e escolaridade.

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top