Cinema em Blumenau: sabia quem foi italiano José Julianelli

 

Por Claus Jensen

Se você começou a ler esse texto, é porque gosta de história como eu. Quando o assunto é Blumenau, melhor ainda para mim, por isso a do italiano José Julianelli, que nasceu em 1883 em São Constantino di Rivoli, também vale o registro. É dessas figuras que passou pela nossa cidade e a maioria desconhece, mas vou apresentar de forma rápida.

Julianelli encontrou muitas dificuldades no Rio de Janeiro desde que chegou ao Brasil. Para ganhar algum dinheiro, ele comprou um tigre para exposição e depois criou o circo Pavilhão Recreativo que passou a se chamar Circo Variedades, iluminado com gás de carbureto. Com a aquisição de um novo cinematógrafo, Julianelli comprou também um motor a querosene com dínamo de 110V.

Depois mudou para Curitiba, onde trabalhou como sapateiro e se casou com Anna Briss. Mas ele não largou o circo, tanto que viajou com ele para o Rio Grande do Sul, terra de muita colonização italiana, onde o casal se naturalizou brasileiro. No dia 28 de agosto de 1909, Julianelli estreou em Blumenau no Teatro São José com o seu cinematógrafo.

O italiano deixou sua marca em Santa Catarina como cinegrafista ambulante e cineasta, gravando importantes fatos históricos. Julianelli filmou os festejos dos 75 anos de Blumenau, Joinville e Brusque. Filmou a inauguração da estátua do Doutor Fritz Mueller, em Blumenau, a ponte de Indaial e a ponte Hercílio Luz, de Florianópolis. E foi em Blumenau que passou seus últimos dias, até que faleceu em 1972, aos 89 anos.

A informações são da Revista Blumenau em Cadernos (tomo XXV, julho/1984, p.210), uma das mais antigas ainda em circulação no país.  Vale a pena conhecer tantas outras histórias registradas nas publicações, que estão no Arquivo Histórico José Ferreira da Silva e são publicadas pela Fundação Cultural de Blumenau.

 

 

Claus Jensen

Trabalho com publicidade há mais de 29 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

Posts relacionados

*

*

Top