Em janeiro começou a operar em Blumenau a YetGo, concorrente da Uber

 

Se os taxistas já estavam incomodados com a Uber, agora além dela tem a Yet Go, uma empresa de capital brasileiro fundada no Pará por cinco sócios. O aplicativo que cadastra motoristas para transportar passageiros com automóvel já começou a operar em Blumenau e Florianópolis no dia 20 de janeiro.

Os principais diferenciais seriam a cobrança de uma tarifa fixa e a não cobrança caso você cancele a corrida. Na Uber por exemplo, o preço fica mais caro se a demanda pelo serviço aumenta muito, quando é utilizada a chamada tarifa dinâmica. Mas quando ela não é ativada, o valor ainda é mais vantajoso do que com a Yet Go.

Em Blumenau 50 motoristas já estariam atuando na plataforma. O processo de aprovação para ser um deles passa pelos mesmos critérios da Uber, em que é exigida toda uma documentação pessoal e até antecedentes criminais. O carro não pode ser anterior a 2010.

Do valor recebido pelo motorista pela viagem, 25% vai para a Yet Go, igual ao do concorrente. Imaginem “o negoção” que os donos desses dois aplicativos tem nas mãos. Já para o cliente / usuário, o valor de uma corrida começa com R$ 3 para partida, mais R$ 0,15 por minuto e outros R$ 1,70 por quilômetro rodado.

Com sede em Belém (PA), a empresa tem escritórios em Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS). A Yet Go nasceu em outubro de 2016 e já está presente em 58 cidades do Brasil. A meta é chegar em outras 142 até o final de fevereiro e um total de 500 no final do ano. Um dos critérios, é que as cidades escolhidas tenham pelo menos 100 mil habitantes.

Quer experimentar? Clique aqui para baixar no Android. Acesse o site para mais informações, tanto como usuário, quanto para fazer parte como um dos motoristas cadastrados.

 

comentários

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top