Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Entidades assumem compromisso de unir esforços para cobrar duplicação da BR-470

 

Por Fabiana Roza

Lideranças empresariais assumiram o compromisso de se unir para cobrar agilidade na duplicação da BR-470 em encontro realizado nesta terça-feira (11/4/17) no Hotel Sesc Blumenau. A reunião, conduzida pelo Sindilojas Blumenau, contou com a presença de representantes de mais de 40 entidades de classe da região. A próxima ação será um encontro com políticos de Santa Catarina, programada para o dia 24, e posteriormente, a formação de uma caravana para ir a Brasília falar com ministros e o presidente Michel Temer.

Na reunião liderada pelo presidente do Sindilojas Blumenau, Emílio Schramm, foram apresentados dados que comprovam o atraso econômico e social causado pela morosidade na duplicação da rodovia. A proposta era sensibilizar os participantes sobre a necessidade de unir esforços para cobrar maior agilidade na obra entre Navegantes e Indaial, trecho de 73,2 quilômetros de um total de 358,9 quilômetros. “Não adianta fazermos ações isoladas. Precisamos criar uma onda para acelerar esta obra. E dependendo do resultado, ela pode vir a se tornar um tsunami”, destacou Schramm.

 

 

O sentimento de união tomou conta da reunião e a maior parte dos participantes se manifestou a favor do movimento. Inclusive a Associação Empresarial de Rio do Sul (Acirs) – na presença do presidente Amândio João da Silva e do secretário-executivo Cleber Stassun, além do prefeito de Rio do Sul, José Thomé –, que trouxe novas informações a respeito da obra repassadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e também solicitou que a mobilização do Comitê da duplicação BR-470 se estenda ao trecho do Alto Vale.

Para o coordenador do Comitê, Felix Theiss, o momento agora é de somar forças. “Alcançamos resultados importantes neste encontro, que tinha como propósito a aglutinação de forças para pressionar o governo federal. Agora, o próximo passo será uma reunião no dia 24 de abril com a classe política, quando queremos trazer o governador Raimundo Colombo, prefeitos e presidentes das Câmaras de Vereadores do Vale, deputados estaduais e federais e senadores. Será um encontro suprapartidário em prol da mobilização pela duplicação da BR-470”, explica.

 

 

Estiveram presentes na reunião desta terça-feira os representantes das seguintes entidades e órgãos: Acib, Acirs, Sindipedras-SC, Sincavi, Sirecom, Acimvi, Acidi, Sinduscom, Simmmeb, Rotary Indaial, Sintex, Secovi, Setcesc, Sinpeb, Sihorbs, Ampe, Acig, OAB Blumenau e Gaspar, Acip, Sindilojas Gaspar, Fecomércio, Dnit, Acii, SCGás, Autopista Planalto Sul, Associação BR-470 em Nossas Mãos e prefeituras de Gaspar e Rio do Sul.

Reunião com a FCDL

Na tarde de terça-feira (dia 11), representantes do Comitê da Duplicação da BR-470 também estiveram reunidos com as CDLs da região do Vale e da Foz do Itajaí, em um encontro promovido pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL/SC) em Itajaí. Após a apresentação do presidente da FCDL, Ivan Tauffer, destacando que o movimento é de toda a Santa Catarina, o diretor da CDL Blumenau, Eduardo Carvalho Soares, apresentou os dados referentes ao atraso na obra da duplicação, com ênfase nos impactos negativos para o Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes.

Além de empresários locais e representantes do Porto de Itajaí e Navegantes, participaram também os prefeitos Volnei Morastoni (Itajaí), Emílio Vieira (Navegantes) e Ércio Kriek (Pomerode), o deputado Serafim Venzon e o Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan.

comentários

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top