Guga fala sobre o papel dos JASC em sua carreira e qual profissão queria ter

Há 15 anos, Guga alcançava o posto de melhor tenista do mundo. A conquista foi construída sobre fortes alicerces ao longo dos anos, um deles considerado fundamental por Gustavo Kuerten para chegar ao topo do esporte: os Jogos Abertos de Santa Catarina. “Tudo começou nos Jasc. Antes mesmo de participar, eu ficava acompanhado os resultados. Quando meu irmão nasceu, eu estava disputando uma das partidas. Já era como uma miniolimpíada para mim. Eu sentia toda essa glória. É importante valorizar essas etapas da vida, pois o sonho é muito distante, você só pensa em conquistar o mundo e ser o melhor do planeta. Você precisa passar por esses estágios ao longo do caminho para se fortalecer e ter fôlego para encarar o que vem pela frente”, afirma Guga.

 

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O catarinense conta que os primeiros Jasc disputados por ele foram em Chapecó e Blumenau, e que já nas primeiras competições ganhou até uma medalha de ouro. Ele ainda relembra que antes mesmo de participar das disputas, os Jogos Abertos eram um momento importante: “Eu lembro quando criança, a cada Jogos Abertos que eu ia, a oportunidade de ver um novo atleta e de me aproximar dos melhores. Isso era algo muito legal”.

Mas o tenista nem sempre sonhou em seguir carreira esportiva. Durante entrevista à Secretaria de Estado da Comunicação (Secom), o manezinho da Ilha relevou o que queria ser quando crescer: Até os 8, 9 anos eu queria ser bombeiro. Mas depois me vi apaixonado pelas bolas e pelas quadras. Aquilo tudo me trazia um sentimento especial”.

Guga explica que competições como os Jasc são fundamentais para o jovem atleta conhecer mais sobre os desafios, a dedicação e o trabalho árduo exigidos pelo esporte.A graça do esporte é ir além do resultado, de ganhar e perder. Todos temos uma capacidade de superação muito forte, o desafio é encontrá-la”, afirma.

Fonte: Assessoria de Imprensa dos Jasc (FESPORTE)

 

comentários

Tags ,
O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top