Microbiologista fala sobre resistência bacteriana, que mata 700 mil pessoas por ano

Por Claus Jensen

O Dr. Marco Antonio Malschitzky, microbiologista do Laboratório Santa Catarina, foi entrevistado na tarde desta terça-feira (10/07/18) para falar sobre o 1º Worshop de Resistência Bacteriana de Santa Catarina. Inicialmente pensei que o assunto seria técnico, mas as informações durante o papo mostrou uma situação cada vez mais preocupante.

A resistência que bactérias e vírus começam a ter de antibióticos, tem relação com a nossa falta de cuidado em tomar esses medicamentos sem necessidade ou recomendação. Um dos mais resistentes do mundo, e que é tema de estudos surgiu na Ásia, mas já foi encontrado no Brasil, e até em uma cidade catarinense.

Todos os anos morrem 700 mil pessoas por falta de resistência bacteriana. O workshop vai reunir neste sábado (14) profissionais e técnicos para trocarem informações com especialistas na área de infectologia e microbiologia. Mais detalhes, só assistindo a entrevista.

 

Claus Jensen

Trabalho com publicidade há mais de 29 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

Posts relacionados

*

*

Top