Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Obra do prolongamento da Rua Humberto de Campos sofre vandalismo

 

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) recebeu na manhã desta terça-feira, dia 13, um relatório da equipe responsável pelo prolongamento da Rua Humberto de Campos sobre os danos causados à obra no último fim de semana por atos de vandalismo.

O secretário de Infraestrutura Urbana, Régis Evaloir da Silva, conta que peças dos postes de iluminação pública, ainda não instalados, foram atiradas em um ribeirão e espelhos dos rolos de terraplanagem foram furtados. “Além disso, a armação de aço das barreiras posicionadas perto da Rua Joaquim Nabuco foi derrubada, bem como os dois banheiros químicos que estão sendo usados pela equipe. É triste e já estamos buscando maneiras de encontrar os responsáveis e de evitar que novos danos sejam registrados”.

 

 

Já o vice-prefeito e secretário executivo do Plano de Mobilidade e Projetos Especiais, Mário Hildebrandt, se diz preocupado e triste com o vandalismo. “Na semana passada, já registramos a depredação na obra de duplicação da Rua Humberto de Campos, e agora com o prolongamento. Na semana passada, quando divulgamos o ocorrido, cheguei a ouvir que estava dramatizando e hoje já falamos em um dano ainda maior. Não é somente o prefeito e eu que sofremos com isso, mas a comunidade inteira. A cidade toda perde e é nosso dever mostrar o que tem acontecido”.

Sobre a obra

Atualmente, os serviços encontram-se na construção das calçadas, terraplanagem e pavimentação do último trecho do prolongamento, além da readequação das ruas Joaquim Nabuco e Tóquio, que funcionarão como uma grande rótula. Ambas darão acesso à Rua Humberto de Campos e também à Rua General Osório.

Ao todo, a obra é composta por três viadutos, com alças de acesso às vias laterais, retornos e uma ponte sobre o ribeirão da Velha, com 60 metros de extensão. Depois de concluída, a Rua Humberto de Campos terá 30 metros de largura, passando a contar com seis faixas de tráfego, sendo três por sentido: duas para os veículos e uma para o transporte coletivo. Ao longo do trajeto, haverá canteiro central, passeios para pedestres e ciclovias.

Por Karolina Bonin, da PMB

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top