Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Raiva: doença fatal para humanos e animais

 

Por * Susane Bohmann | Médica Veterinária

Com o advento de novos casos de morte pelo vírus da raiva, se faz necessário alguns esclarecimentos para a população sobre esta doença. Recentemente, o estado do Pará anunciou doze casos notificados e o Paraná, nosso estado vizinho notificou um caso. E porque devemos nos preocupar com esta doença?

A raiva é uma doença viral, transmitida pela saliva de animais infectados através de mordida, após inoculação do vírus dentro da pele, portanto trata-se de uma zoonose. Os animais com maior percentual de transmissão são os cães e os morcegos, podendo também ser transmitida por gatos, gambás, macacos, guaxinins, furões e etc. É uma doença grave, com índice de mortalidade de quase 100% e não tem cura. Os animais apresentam sinais neurológicos e se tornam muito agressivos.

Por isso, vacinar seu animal contra raiva é mais que prevenção, é obrigação para proteger não somente a saúde dele, mas das pessoas também. A vacinação é realizada anualmente, em dose única. Recomenda-se especialmente para aqueles animais que possuem contato com morcegos, vivem em sítios, próximo de matas ou que vão viajar.

Desde a implementação de programas de vacinação contra a raiva em cães e gatos, o número de casos de raiva humana despencou, o que demonstra o quão é importante fazermos nossa parte. Animais vacinados não transmitem a doença. Importante salientar que, caso seja mordido por um animal desconhecido, procure o posto de saúde mais próximo.

 

* Susane Bohmann (CRMV – SC 7779) é médica veterinária formada no Instituto Federal Catarinense (campus Araquari) e Pós-Graduanda em Oftalmologia Veterinária pela ANCLIVEPA (SP). Ela atende na Argos Clínica Veterinária, localizada na Rua Gustavo Zimmermann, nº 5.311, bairro Itoupava Central.

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top