Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Secretaria de Educação de Blumenau divulga balanço das conquistas em 2017

Foto: Marcelo Martins

 

Segundo informações da Prefeitura de Blumenau, a Secretaria de Educação (Semed), implementou diversos avanços na rede municipal de ensino ao longo de 2017. Durante o ano, foram iniciadas as obras para a construção de seis novos Centros de Educação Infantil (CEIs), que resultarão em 564 novas vagas em período integral ou 1.128 em meio período.

As obras estão em andamento e a perspectiva é de que sejam concluídas em 2018. Até o momento, a Prefeitura já investiu mais de R$ 1,2 milhão em recursos próprios, além de R$ 992.252,17 repassados pelo Fundo Nacional da Educação (FNDE).

Enquanto as obras seguem em andamento, a Semed reorganizou turmas nas unidades já em funcionamento para possibilitar 905 vagas novas para crianças que estavam na fila de espera. Isso foi possível por meio do atendimento de turmas de pré-escola em Escolas Básicas Municipais e Estaduais, da adequação de espaços e do monitoramento de frequência nas turmas de creche. As matrículas para 2018 já ocorreram, com a convocação de mais de 3 mil crianças pelo Sistema Fila Única CEIs.

A Secretaria de Educação informou também que realizou reformas na cobertura e parte elétrica de quatro unidades: as EBMs General Lúcio Esteves, Vidal Ramos e Capitão Euclides de Castro, e o CEI Arno Bernardes. Também iniciou as obras de construção de uma quadra na EBM Almirante Tamandaré. Esses investimentos somam R$ 1,7 milhão, dos quais R$ 415 mil em recursos próprios e outros R$ 1,29 milhão obtidos junto ao governo federal. No ano, a Semed realizou ainda manutenções em outras 38 escolas e 62 CEIs, com a aplicação de R$ 460 mil oriundos do Salário-Educação, do FNDE.

Avanços pedagógicos

No campo pedagógico, a educação do município estabeleceu um novo sistema de avaliação para o Ensino Fundamental, com o objetivo de qualificar a aprendizagem dos alunos. “A avaliação é processual e deve assegurar a aprendizagem de todos. Para isto foi preciso mudar, para ampliar as concepções de avaliação na rede”, observa a secretária de Educação, Patrícia Lueders.

Outra medida para qualificar o ensino e a aprendizagem nas escolas municipais foi a transformação do projeto de Psicopedagogia Escolar em programa do município. “É o trabalho das psicopedagogas que proporciona um olhar sensível para os alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem, justificando-se assim a garantia desta política na educação municipal”, acrescenta a secretária.

O Programa Paradesporto também obteve crescimento, passando a 65 polos, com a criação da nova unidade na Vila Itoupava, e a dez modalidades, com a implantação da Equoterapia, que é oferecida gratuitamente às pessoas com deficiência. O número de alunos atendidos aumentou de 268 para 316. Outro programa que expandiu foi o de Educação Fiscal, que em 2017 abrangeu cerca de 15 mil estudantes em 41 escolas, praticamente dobrando os números do ano anterior.

Além disso, a secretaria seguiu investindo em formação continuada para os profissionais da rede, como forma de valorizar os servidores e garantir a qualidade do ensino ofertado em Blumenau.

Com informações de Aline Franzoi Santos Fleith [PMB]

O Blumenauense

Denúncias, problemas ou elogios? Nos escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top