Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Temporal causa alagamento e deixa 4,5 mil imóveis sem energia elétrica em Blumenau

Rua Antônio da Veiga, próximo da Rua Joinville, no bairro Vila Nova | Foto: Talita Arabar

 

Por volta das 15h45min desta quinta-feira (10/01/19) já era possível ouvir alguns trovões em Blumenau. A atuação de uma área alongada de baixa pressão e calor favoreceram a formação de áreas de instabilidade. Às 14h, o termômetro da estação do AlertaBlu no Parque Vila Germânica marcou a temperatura de 34,6°C, com sensação térmica acima dos 40°C.

Entre às 15h45min e 16h45min, o AlertaBlu registrou o seguinte o maior volume de chuva nas estações Coripós (26,4 mm); Passo Manso (26 mm); Parque Ramiro Ruediger (20,4 mm); Nova Esperança (17,2 mm); Itoupavazinha (13,8 mm); Velha Central (12,6 mm) e Velha Grande (5,2 mm).

Às 16h40min, a Regional de Blumenau estava com 11.107 unidades de consumo sem energia elétrica. As cidades mais atingidas foram Blumenau (4.589), Apiúna (4.368), Ascurra (1.428), Brusque (261), Indaial (250), Massaranduba (100), Rio Dos Cedros (52) e Pomerode (8).

Nesse horário, os bairros de Blumenau mais atingidos pela falta de luz foram o Progresso com 3.627 e Valparaíso com 416.

Houve registro de alagamentos na Rua Antônio da Veiga, próximo da Joinville, onde é muito comum acontecer; e na Rua Bahia, no entorno do trevo da antiga empresa Cristais Hering. Até às 16h30min, a Defesa Civil não tinha recebido nenhuma ocorrência, fato confirmado pelos bombeiros.

A única exceção foi a queda de uma árvore sobre um motociclista na BR-470, em Blumenau, logo depois do Motel Libidus, no sentido litoral. Confira a matéria clicando aqui.

 

Rua Bahia, altura do nº 1.020, após Floricultura Paraíso, no sentido Centro | Foto: Bruno Standke

Tags

Posts relacionados

Top