Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Universidade de SC está entre as 1.400 melhores instituições de ensino superior do mundo

 

 

 

Fotos: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) figurou em 2019 nos principais rankings nacionais e internacionais de instituições de ensino superior e também na lista dos órgãos que mais produzem pesquisa. A colocação mais expressiva foi no levantamento do Times Higher Education (THE), que apresenta as melhores universidades do mundo. Nesse ranking, a Udesc apareceu pela primeira vez entre 1.396 instituições de 92 países.

Para constar no levantamento, a universidade estadual passou pela análise de 13 indicadores em cinco dimensões: ensino, pesquisa, citações de artigos científicos, transferência de tecnologia e internacionalização. A Udesc aparece na faixa de mais de 1.001. A classificação é feita em grupos, a partir da posição 200.

Em 2019, a universidade também apareceu também pela primeira vez no QS Latin American University Ranking 2020, organizado pela QS Top Universities. Entre as quatro instituições catarinenses do ranking de melhores da América Latina, a Udesc ficou em segundo lugar.

 

Entre as 50 que mais produz pesquisa

Em maio deste ano, a Udesc também se destacou entre as 50 instituições brasileiras que mais produziram ciência entre entre 1º de janeiro de 2014 e 31 de outubro de 2018. O ranking foi elaborado pela Universidade de São Paulo (USP), a partir de dados coletados pela base Web of Science e compilados pela Clarivate Analytics. Confira o ranking completo.

A Udesc ocupa a 48ª posição no ranking, com quase 1,5 mil trabalhos científicos nos últimos cinco anos. Em 2019, a universidade catarinense também lançou o projeto Udesc Pesquisa, para impulsionar a divulgação dos impactos da pesquisa científica na sociedade.

 

Universidade empreendedora

 

 

A universidade catarinense também foi avaliada neste ano como a quarta instituição estadual de ensino superior mais empreendedora do País, segundo o Ranking de Universidades Empreendedoras (RUE), feito pela Brasil Júnior, confederação brasileira de empresas juniores.

Criado para avaliar e classificar o empreendedorismo nas universidades brasileiras, o RUE enumera as universidades a partir de critérios como cultura empreendedora, inovação, extensão, infraestrutura, internacionalização e capital financeiro. A terceira edição do ranking foi realizada a partir da percepção de 15 mil estudantes de 123 universidades das 27 unidades federativas.

 

Destaque nacional no ensino

A Udesc segue mantendo Santa Catarina na quarta posição entre as unidades da federação com instituições estaduais de ensino superior, atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. Essa avaliação foi realizada pelo Índice Geral de Cursos (IGC) de 2018, em um cenário com 232 universidades e institutos federais e estaduais do Brasil, divulgado em dezembro pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC).

Na escala de 1 a 5, a Udesc recebeu conceito geral 4, com IGC de 3,50, e subiu uma posição no ranking de 34 universidades estaduais, tornando-se a oitava melhor no país. No Estado, a Udesc é a segunda melhor universidade, atrás apenas da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc).

“Aparecer nesses rankings nacionais e internacionais, além da boa avaliação junto ao Ministério da Educação (MEC), enche nossa comunidade acadêmica de orgulho. É resultado do nosso trabalho competente nas áreas e ensino, pesquisa e extensão. É uma conquista dos nossos alunos, professores e técnicos universitários”, ressalta o reitor da Udesc, Marcus Tomasi.

 

Sobre a instituição

A Udesc, que tem excelência no ensino superior atuando nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, completou 54 anos em 2019 dispondo de uma estrutura multicampi, com 12 unidades distribuídas em nove cidades do Estado de Santa Catarina, na Região Sul do Brasil, além de 32 polos de apoio presencial para o ensino a distância, em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), do MEC. Atualmente, são 15 mil alunos distribuídos em 59 cursos de graduação e 48 mestrados e doutorados, que são oferecidos gratuitamente. Mais de 95% dos professores efetivos são mestres e doutores.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Udesc

Posts relacionados

Top