Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Verão em SC contará com 9,2 mil profissionais de segurança e investimento de R$ 41,1 milhões

 

 

 

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

 

A ação Verão Santa Catarina terá novidades para a temporada 2019/2020. Além da participação de 9,2 mil profissionais da Segurança Pública, a força-tarefa do Governo do Estado, programada para começar em 19 de dezembro, terá uma Comissão de Respostas Rápidas, que engloba 22 órgãos da administração direta e indireta com o objetivo de prevenir e garantir celeridade no enfrentamento de situações emergenciais.

O lançamento nesta quinta-feira (12/12/19), marca a apresentação de um novo conceito de ação para a alta temporada, com objetivo de fortalecer o atendimento à população e aos visitantes. O investimento total chega a R$ 39,4 milhões apenas na Segurança Pública, principalmente em diárias, ressarcimento aos guarda-vida civis e novas viaturas.

Também está confirmado R$ 1,6 milhão em ação da Casan de fiscalização contra despejo irregular de esgoto na região dos Ingleses, em Florianópolis. Foram destinados ainda R$ 85 mil por parte do Instituto do Meio Ambiente em novas placas para indicar a balneabildiade das praias.

Segundo o governador Carlos Moisés, a presença maciça de turistas, em especial na região litorânea, exige uma articulação de forças por parte da administração estadual. Ele salienta que serão três meses de muito trabalho e atenção redobrada.

“Santa Catarina, por suas qualidades, é procurada por milhões de pessoas durante a temporada de verão. Para esse ano, o Governo se preparou de uma maneira especial. Estamos trabalhando de maneira ainda mais integrada para garantir a melhor experiência possível para os nossos visitantes. Queremos que eles voltem sempre e façam uma propaganda voluntária do nosso estado, gerando um ciclo cada vez mais virtuoso”, diz Carlos Moisés.

 

Arte: Sal Santos / Secom

 

A ação Verão Santa Catarina 2019/2020 vai até o início de março. A Comissão de Respostas Rápidas será comandada pela Casa Civil e pela Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e terá representantes dos seguintes órgãos: Defesa Civil, Casan, Celesc, Epagri/Ciram, Polícia Civil (PCSC), Instituto Geral de Perícias (IGP), Instituto do Meio Ambiente (IMA), Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro), Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Secretaria Executiva de Comunicação, Escritório de Gestão de Projetos (EPROJ), Secretaria de Estado da Saúde, Procon, Polícia Militar (PMSC), Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina (CBMSC), Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais, Secretaria de Estado da Educação, Secretaria de Desenvolvimento Social e Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca.

Para o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, a integração das diversas áreas do governo será fundamental para garantir o sucesso da temporada. De acordo com ele, é papel do Estado evoluir para desenvolver ainda mais o turismo.

“O Estado precisa se profissionalizar para receber os turistas não só do Brasil, mas de todo o mundo. Fizemos um esforço para congregar todos esses órgãos e integrar as nossas ações. Teremos uma equipe de plantão para todo o período de veraneio. Os visitantes são uma parte importante do incremento da economia e da receita de Santa Catarina e devemos fazer a nossa parte”, opina Borba.

 

 

Foto: Aurélio de Oliveira/ PMSC

 

Reforço na segurança

A chegada dos turistas a Santa Catarina é um desafio para a Segurança Pública. Por conta disso, 9,2 mil profissionais atuarão nos locais mais frequentados pelos visitantes. São 5.750 mil policiais militares, 1.413 policiais civis, 2 mil homens do Corpo de Bombeiros (incluindo 1.146 mil guarda-vidas civis) e 41 profissionais do Instituto Geral de Perícias (IGP) dedicados ao Verão Santa Catarina 2019/2020. Esse efetivo contará com o apoio de 1,7 mil viaturas, 87 embarcações, 37 quadriciclos, oito helicópteros e quatro aviões.

Posts relacionados

Top