Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Violência doméstica: agressões a mulheres e filhos, ameaças e quebradeira dentro de casa

 

 

Quando temos esperança dos números da violência doméstica reduzirem em Blumenau, chegam os fatos mostrando a triste realidade. Este sábado (31/08/19) ficou marcado por quatro casos, inclusive envolvendo filhos, dois deles com embriaguez.

A primeira ocorrência foi atendida às 14h51min na Rua Ernest Kaertner, no bairro Itoupava Central. A vítima, uma mulher de 46 anos, disse que seu marido de 41 chegou em casa embriagado e alterado, chegando a quebrar móveis e utensílios domésticos. Em seguida deu dois socos nela e outro nas costas do filho de 13 anos, que foi defender a mãe. Quando os policiais chegaram, encontraram a casa toda revirada e o homem dormindo em um dos quartos. Ele foi detido e conduzido à Central da Polícia Civil.

No final da tarde, uma mulher de 19 anos foi abordada pelo marido de 24 quando estava saindo do trabalho. Mas ela não queria falar com ele, que reagiu empurrando-a contra um muro. Ela bateu com a cabeça tão forte que acabou sofrendo uma lesão. O homem fugiu do local, mas acabou sendo preso assim que a Polícia Militar chegou. A ocorrência foi atendida às 18h22min na Rua Marechal Rondon, no bairro Salto do Norte. Enquanto a mulher foi levada ao pelos bombeiros ao Hospital Santa Isabel, o homem era conduzido à delegacia onde foram tomadas as providências legais.

Mais tarde, às 19h48min, foi atendida a terceira ocorrência de violência doméstica, desta vez na Rua Robert Koch, no bairro Tribess. De acordo com as informações de uma mulher de 29 anos, ela foi agredida pelo marido de 40 durante a tarde. Além de receber tapas no rosto, foi puxada pelos cabelos e ameaçada. Quando os policiais chegaram, ele não estava mais no local.

A última ocorrência aconteceu na Rua Carlos Stiehler, no bairro Glória. A vítima de 37 anos acionou a Polícia Militar às 23h50min, depois que seu marido tentou agredir a filha do casal, de 20. O homem estava embriagado naquele momento, e ao defender a filha, sofreu tapas no rosto e agressões. Quando ele tentou agredir o filho de 12 anos, todos foram para fora de casa. O homem jogou as chaves do carro no telhado da residência, evitando que saíssem do local com o veículo. Os policiais encontraram o marido da vítima bastante alterado, sendo necessário o uso de algumas para conduzi-lo à delegacia. Já no interior da viatura, começou a dar chutes chegando a danificá-la.

Posts relacionados

Top