Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PM de Blumenau atende dois casos de agressões de filhos aos pais nesta sexta (14/02)

 

 

 

A Polícia Militar atendeu duas ocorrências de violência doméstica nesta sexta-feira (14/0 2/20) em Blumenau, envolvendo pais e filhos. A primeira foi às 19h37 na Rua Curt Scheidemantel, no bairro Itoupavazinha, onde uma mulher de 53 anos foi ameaçada e agredida pelo próprio filho de 28, antes dele sair de casa para comprar drogas.

Quando a polícia chegou, o jovem não estava mais no local, mas chegou logo depois. Ao ver a guarnição, começou a discutir com a mãe, partindo para cima dela com o objetivo de agredi-la, mas a PM interveio e conseguiu detê-lo. O rapaz não acatou as ordens e resistiu a prisão, chegando agredir um dos policiais com um soco, momento em que foi imobilizado e algemado.

Tanto ele quanto o policial acabaram sofrendo lesões leves. Ao ser colocado no compartimento da viatura, começou a desacatar os policiais, chamando os de merda e ainda ficou dando chutes. No local também estava o pai de 54 anos, que relatou que o filho tinha ido até sua residência em Brusque, onde foi agredido e segurado pelo pescoço. Todos foram até a Central da Polícia Civil, para realizarem os procedimentos legais.

 

Em outra ocorrência, por volta das 20h10, a PM foi acionada pela central de emergência, depois que uma mãe foi agredida pelo filho de 23 anos e buscou socorro nos vizinhos.

Uma guarnição se deslocou para a Rua Gonçalves Dias, no bairro Escola Agrícola, onde a mulher de 54 anos foi abordada e disse que estava no local fugindo do filho após sofrer ameaças de morte e ser agredida na cabeça com socos. Ela também relatou que foi segurada com força pelos braços contra a parede, fato que acabou deixando lesões. O filho estaria exigindo que ela desse R$ 1.000 em dinheiro para arrumar o carro que estava com problema.

A guarnição foi à casa da mulher, e encontrou o rapaz saindo com um veículo, momento em que recebeu ordem de parada e para sair do carro. Ele passou por revista pessoal e depois foi preso pela lei Maria da Penha, pelas lesões e ameaças que fez à mãe. O jovem não quis dizer nada à guarnição, somente ao delegado, e foi conduzido a Central da Polícia Civil para os procedimentos legais e registro do flagrante delito.

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

Top